sexta-feira, dezembro 15Saúde. Gestão e Consultoria

Tag: medicamentos intercambiáveis

Na drogaria: Nova regra sobre os medicamentos intercambiáveis – Como dispensar?

Na drogaria: Nova regra sobre os medicamentos intercambiáveis – Como dispensar?

Informações Técnicas
Novas regras sobre intercambialidade de medicamentos. No ano de 2003, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou uma norma estabelecendo critérios para a adequação dos medicamentos similares já registrados e comercializados no Brasil. Naquela época, a normativa estabeleceu que os detentores de registro desses medicamentos apresentassem estudos comparativos com o medicamento de referência tais como, equivalência farmacêutica, perfil de dissolução e bioequivalência/biodisponibilidade relativa (BD/BE), se aplicável ao fármaco e à forma farmacêutica. Ou seja, a lei de 2003 já obrigava os fabricantes a apresentarem os mesmo testes que os genéricos apresentavam para obtenção do registro de comercialização. A RDC 134/03 previa que até 2014 todos os medicamentos deveriam se
Na drogaria: medicamentos intercambiáveis

Na drogaria: medicamentos intercambiáveis

Informações Técnicas
Medicamentos intercambiáveis, o que é isso? Hoje vamos abordar um assunto de interesse de todos os profissionais farmacêuticos e que geram muitas dúvidas: a intercambialidade entre medicamentos de referência, genérico e similar. Peço desculpas aos que já entendem bem alguns conceitos, mas para expor um artigo bem completo, irei reforçar alguns conceitos antigos, lá do tempo da faculdade! Medicamento de referência: é o medicamento inovador registrado no órgão federal responsável pela vigilância sanitária e comercializado no País, cuja eficácia, segurança e qualidade foram comprovadas cientificamente junto ao órgão federal competente, por ocasião do registro. A eficácia e segurança do medicamento de referência são comprovadas através de apresentação de estudos clínicos (ANVISA). M