sexta-feira, dezembro 15Saúde. Gestão e Consultoria

Anticoncepcional, esqueci de tomar e agora?

Anticoncepcional, esqueci de tomar e agora?
Classifique

ESQUECI DE TOMAR A PÍLULA!

Esqueci de tomar o anticoncepcional (pílula), e agora?
Esqueci de tomar o anticoncepcional (pílula), e agora?

Se você esqueceu-se de tomar uma pílula da cartela, tome-a assim que se lembrar, desde que se respeite o período máximo de até 12 horas do horário habitual de tomada. Se esse período for maior que as 12 horas, existe a orientação conforme a semana em que ocorreu o esquecimento. A seguir, disponibilizamos maneiras de como proceder no caso de contraceptivos de 21 ou 24 pílulas, que são as mais comuns do mercado.

Para pílulas com esquemas diferentes, consulte a bula ou seu médico.

Confira abaixo como proceder, conforme o seu tipo de contraceptivo (24 ou 21 pílulas):

Se o seu medicamento contém 21 pílulas siga as instruções abaixo ⇒

Esqueci na 1º Semana
Esqueci na 2º Semana
Esqueci na 3º Semana

Se o seu medicamento contém 24 pílulas siga as instruções abaixo ⇒

Esquecimento de 1 comprimido entre o 1º e o 7º dias
Esquecimento de 1 comprimido entre o 8º e o 14º dias
Esquecimento de 1 comprimido entre o 15º e o 24º dias

Lembre-se de que nenhum método contraceptivo é 100% eficaz (leia aqui sobre a segurança dos anticoncepcionais).
Esses procedimentos para quando ocorre o esquecimento servem para minimizar os riscos e, mesmo que seguidos corretamente, ainda há possibilidade de ocorrer a gravidez.

Também é importante a consciência de que somente o uso de preservativo (camisinha) em todas as relações sexuais (vaginal, anal ou oral – leia aqui sobre contato sexual) previne contra riscos de exposição às doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), inclusive AIDS.
Não use medicamentos sem o conhecimento do seu médico, pois pode ser perigoso para a saúde, e consulte-o pelo menos uma vez ao ano, especialmente quando em uso de hormônios.
Você esquece a pílula com frequência? CLIQUE AQUI e veja outros métodos contraceptivos que podem se adaptar melhor a sua rotina.Fonte: Gineco

Artigos relacionados

Comentários

comentários