sexta-feira, dezembro 15Saúde. Gestão e Consultoria

Matéria sobre testes em genéricos veiculada no programa Fantástico é errônea

Matéria sobre testes em genéricos veiculada no programa Fantástico é errônea
5 (100%) 1 vote

A reportagem apresentada ontem (29 de janeiro de 2017) no programa Fantástico da Rede Globo, sobre testes realizados em genéricos (leia sobre a matéria aqui) causou indignação da Classe Farmacêutica.

Testes em genéricos
Teste em genéricos

A reportagem já é iniciada com informações contraditórias, dizendo que o laboratório CEDAFAR, onde foi realizado os testes, é credenciado pela ANVISA, informação que é desmentida pela própria agência em nota.

“Mesmo esses testes tendo sido realizados sem o cumprimento dos requerimentos técnicos e regulatórios para uma apropriada análise fiscal, visto que o CEDAFAR não é credenciado para esse tipo de teste, sendo apenas habilitado para testes visando o processo de registro”
Clique aqui para ler a nota da ANVISA

Nas redes sociais muitos farmacêuticos dizem que essa é uma matéria tendenciosa, que causa preocupação para os usuários desses medicamentos e que não foi realizada de forma correta.

Um dos motivos da indignação dos (as) farmacêuticos (as), é que na reportagem não foram consultados organizações como CFF – Conselho Federal de Farmácia e nem o Sistema Brasileiro de Informação sobre Medicamentos – SISMED.

Sendo Farmacêutico o profissional que estuda os mais diversos tipos de medicamentos, a forma como eles são vendidos e usados, como eles agem no organismo, qual a dosagem ideal e em que medida a quantidade ingerida passa a ser tóxica. A forma como o nosso organismo elimina a medicação também é avaliada por esses profissionais. Além disso, a análise do conteúdo da vacina e de várias outras substâncias químicas também e feita por eles.

Por que essa matéria foi destacada pela participação da classe médica?

Os farmacêuticos (as) entendem que a Farmácia e a Medicina são complementares na prática, quando os dois profissionais são capacitados e habilitados para trabalhar em conjunto num hospital, por exemplo, mas um entende muito sobre anatomia e fisiologia, o outro entende muito sobre medicamentos e fisiologia, ou seja, um completa o outro mas não se sobrepõe sobre o outro.
O Tudo de Drogaria recebeu a informação que, o presidente do CFF (Conselho Federal de Farmácia) junto a sua assessoria de comunicação, estão trabalhando em uma matéria, que será divulgada até as 3 horas da  manhã do dia 31 de janeiro.

Segue abaixo algumas postagens em redes sociais de profissionais Farmacêuticos:

depoimentos_farmaceuticos
Indignação sobre Matéria do fantástico

Essa reportagem é uma falta de respeito pelo profissional da área farmacêutica, pois desvaloriza a importância desse profissional na orientação sobre medicamentos junto a população.

Se você concorda, compartilhe!

Artigos relacionados

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.