sábado, janeiro 20Saúde. Gestão e Consultoria

Na drogaria: Tipos de Terapêuticas Anticoncepcionais – Parte II

Na drogaria: Tipos de Terapêuticas Anticoncepcionais – Parte II
Classifique
Anticoncepcionais
Anticoncepcionais
  • Progresso dos Métodos Anticoncepcionais:
  1. Implantes subcutâneos (+ ou – cinco anos): Levonorgestrel
  2. Injetáveis: medroxiprogesterona
  3. Pílula do dia seguinte: até 12hrs pós-coito
  4. Pílula Ultraligth (15mcg de etinilestradiol e 60mcg de gestodene/sem progesterona)
  5. Adesivos transdérmicos de liberação cutânea lenta: Evra
  6. Anel vaginal com Etonogestrel e Etinilestradiol

 

  • Evolução das Pílulas Anticoncepcionais:
  1. Primeira geração: alta dose – pílulas com até 150mcg de estrogênio
  2. Segunda geração: baixa dose e baixíssima dose – as píluas atingiram 50mcg de estrógeno
  3. Terceira geração: o mínimo e o essencial – as píluas atingiram 20mcg de estrógeno e 75mcg de progesterona
  4. Quarta geração: ultrabaixa dose – as pílulas contém 15mcg de estrógeno e 60mcg de progesterona

Na quarta geração, são tomados continuamente por 24 dias e o intervalo entre as cartelas é de apenas 4 dias (regime sequencial). Aqui, além de se evitar esquecimentos, as pílulas possuem  menos dosagem hormonal distrubuida em maior número de dias; isso dimunui a variação hormonal e os efeitos colaterias.

 

  • Contraindicações para o uso de Pílulas Anticoncepcionais:
  1. Diabetes melitus: altera o metabolismo de carboidratos, aumenta resist~encia à insulina
  2. Neoplasias hormônio-dependentes
  3. Fumantes acima de 35 anos e qualquer idade acima de 15 cigarros/dia
  4. Gravidez ou amamentação
  5. HAS
  6. Enxaqueca
  7. AVC, ocular ou cardíaco
  8. Arteriosclerose
  9. Coagulopatias
  10. Antecedente familiar de câncer ginecológico e mama
  11. Problemas psiquiátricos
  12. Períodos de imobilização prolongada
  13. Insuficiência renal e hepática
  14. Tromboflebite
The following two tabs change content below.
Farmacêutica generalista, Pós Graduada em Cosmetologia Clínica pelo Instituto IPUPO e Pós Graduada em Farmacologia Clínica pela UCDB. Trabalhou durante 7 anos em farmácias (drogaria e manipulação) de onde carrega larga experiência no atendimento à clientes, dispensação de medicamentos, atenção farmacêutica e treinamento de colaboradores. Também lecionou durante 7 anos em cursos técnicos na área de saúde além de coordenação. Atualmente é coordenadora da Comissão Técnica no CRF/Piracicaba e Farmacêutica Clínica - Hospitalar no Hospital dos Fornecedores de Cana/Piracicaba.

Comentários

comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.