sábado, janeiro 20Saúde. Gestão e Consultoria

Autor: Thiago De Souza

Febre em adultos – quando devo procurar um médico?

Febre em adultos – quando devo procurar um médico?

Saúde
Febre em Adultos. Febre em adultos Que temperatura é uma febre? Quais são as causas e sintomas associados e sinais de febre em adultos? Quais são as outras causas de febre em adultos? Quando alguém deve procurar cuidados médicos para uma febre? Como os profissionais de saúde avaliam e diagnosticam a causa de uma febre?   A febre (também denominada pirexia) é uma temperatura corporal superior à normal. É um sintoma causado por uma grande variedade de doenças. A febre pode ocorrer em qualquer pessoa em qualquer idade; Entretanto, este artigo endereça especificamente a febre nos adultos. Cada um de nós já experimentou a onda de calafrios e exaustão que causa uma febre. A febre geralmente ocorre em resposta a uma infecção como com a gripe ou infecção b
CFF – Nota de esclarecimento à imprensa e à sociedade – Matéria veiculada no Fantástico

CFF – Nota de esclarecimento à imprensa e à sociedade – Matéria veiculada no Fantástico

Notícias
Sobre a reportagem exibida pelo Fantástico em 29/01, o sistema Conselhos Federal e Regionais de Farmácia vem a público para declarar que: • Defende que todos os medicamentos – genéricos, similares intercambiáveis ou de referência – estejam de acordo com os padrões de qualidade recomendados nas farmacopeias oficialmente aceitas no Brasil, o que depende de fiscalização e de um programa de monitoramento contínuo; • Reconhece como legítima e benéfica à sociedade, a fiscalização dos serviços públicos e privados, seja pelos órgãos competentes, seja pela própria sociedade; • Apoia o fortalecimento da fiscalização sanitária, pois zelar pela saúde pública é uma das atribuições do sistema Conselhos Federal e Regionais de Farmácia; • Reitera a importância da política de medicamentos genéric
Anvisa contesta Fantástico e garante: genérico é seguro

Anvisa contesta Fantástico e garante: genérico é seguro

Notícias
A respeito da matéria “Fantástico testa a qualidade dos genéricos mais vendidos no Brasil”, exibida pelo programa na TV Globo neste domingo (29/01), na qual foram avaliados quinze medicamentos genéricos com os princípios ativos dipirona sódica, losartana potássica e sildenafila, a Anvisa esclarece: O Centro de Estudos e Desenvolvimento Analítico Farmacêutico (CEDAFAR) da Universidade Federal de Minas Gerais, contratado pela produção do Fantástico para os estudos, nunca foi habilitado pela Anvisa para realizar testes em medicamentos para efeito de análise fiscal. A análise fiscal, que é efetuada em drogas, medicamentos, insumos farmacêuticos e correlatos, destinada a comprovar a sua conformidade com a fórmula que deu origem ao registro, segue regras definidas pela Agência, garantindo-s
Matéria sobre testes em genéricos veiculada no programa Fantástico é errônea

Matéria sobre testes em genéricos veiculada no programa Fantástico é errônea

Notícias
A reportagem apresentada ontem (29 de janeiro de 2017) no programa Fantástico da Rede Globo, sobre testes realizados em genéricos (leia sobre a matéria aqui) causou indignação da Classe Farmacêutica. A reportagem já é iniciada com informações contraditórias, dizendo que o laboratório CEDAFAR, onde foi realizado os testes, é credenciado pela ANVISA, informação que é desmentida pela própria agência em nota. "Mesmo esses testes tendo sido realizados sem o cumprimento dos requerimentos técnicos e regulatórios para uma apropriada análise fiscal, visto que o CEDAFAR não é credenciado para esse tipo de teste, sendo apenas habilitado para testes visando o processo de registro" Clique aqui para ler a nota da ANVISA Nas redes sociais muitos farmacêuticos dizem que essa é uma matéria tendenci
Reportagem sobre genéricos que foi ao ar no programa Fantástico da Globo

Reportagem sobre genéricos que foi ao ar no programa Fantástico da Globo

Notícias
Os resultados divulgados no programa Fantástico, que foi ao  ar no dia 29 de janeiro de 2017, deixaram pacientes e profissionais de saúde preocupados. Um dos medicamentos que tiveram resultados insatisfatórios foi o Losartana Potássica do laboratório Medley, que não passou no teste de perfil de dissolução (o comprimido não é absorvido pelo organismo). Os testes foram realizados a pedido do programa, pelo Centro de Estudos e Desenvolvimento Analítico Farmacêutico (CEDAFAR) da Universidade Federal de Minas Gerais e posteriormente enviados para ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Os critérios escolhidos para escolha dos princípios ativos a passarem pelos testes foram: RANKING 1 Os três princípios ativos fabricados nos medicamentos genéricos mais vendidos em 2015.
DIU e SIU

DIU e SIU

Curiosidades, Saúde
Dispositivo intrauterino (DIU) e Sistema intrauterino (SIU – também conhecido como DIU medicado ou DIU Hormonal) são,  como o nome já diz, sistemas ou dispositivos que devem ser inseridos por médicos, dentro do útero. A grande vantagem destes métodos é a comodidade posológica e a alta eficácia, que pode proteger a mulher durante 5 a 10 anos, dependendo do produto. Qual a diferença entre os dois? Ambos impedem a penetração e passagem dos espermatozoides, não permitindo seu encontro com o óvulo. A grande diferença é que o DIU é feito de cobre, um metal, e não possui nenhum tipo de hormônio, enquanto o SIU libera um hormônio dentro do útero. Além do efeito contraceptivo, o hormônio pode apresentar outros efeitos, como reduzir o fluxo menstrual. Eles causam aborto? Não. Como já c
Anticoncepcional, esqueci de tomar e agora?

Anticoncepcional, esqueci de tomar e agora?

Saúde
ESQUECI DE TOMAR A PÍLULA! Se você esqueceu-se de tomar uma pílula da cartela, tome-a assim que se lembrar, desde que se respeite o período máximo de até 12 horas do horário habitual de tomada. Se esse período for maior que as 12 horas, existe a orientação conforme a semana em que ocorreu o esquecimento. A seguir, disponibilizamos maneiras de como proceder no caso de contraceptivos de 21 ou 24 pílulas, que são as mais comuns do mercado. Para pílulas com esquemas diferentes, consulte a bula ou seu médico. Confira abaixo como proceder, conforme o seu tipo de contraceptivo (24 ou 21 pílulas): Se o seu medicamento contém 21 pílulas siga as instruções abaixo ⇒ Se o seu medicamento contém 24 pílulas siga as instruções abaixo ⇒ Lembre-se de que nenhum método contraceptivo
Concurseiros apelidam Ritalina como “Pílula da Inteligência”

Concurseiros apelidam Ritalina como “Pílula da Inteligência”

Notícias
Concurseiros apostam na "Pílula da Inteligência" para potencializar estudos Em proporções cada vez maiores, medicamentos psiquiátricos são utilizados por pessoas saudáveis sem nenhuma prescrição médica Até conseguir conquistar o sonho de ter uma vaga no serviço público, estudantes passam por longos períodos de dedicação. São horas a fio dedicados a estudos em casa, biblioteca, na internet ou em cursinhos. Mas parece que apenas estudar não tem sido suficiente para a aproximação do almejado plano. Em proporções cada vez maiores, os jovens tem lançado mão do uso de medicamentos no intuito de ‘potencializar’ os estudos. Rotuladas como ‘pílulas da inteligência’, os medicamentos psiquiátricos são utilizados por pessoas saudáveis sem nenhuma prescrição médica. A concurseira Ana* é um
Por que o nome Febre Amarela?

Por que o nome Febre Amarela?

Curiosidades
Como se proteger De acordo com o ministério, a única forma de evitar a febre amarela é através da vacinação. Ela está disponível gratuitamente durante todo o ano na rede SUS (Sistema Único de Saúde). "Infectologistas não veem febre amarela em pessoas vacinadas", diz Granato. O Ministério recomenda a vacina para pessoas a partir de nove meses de idade que vivem nas áreas endêmicas ou viajarão para lá e a partir dos seis meses, em situações de surto. "O risco de tomar vacina pode ser maior que o de ser picado pelo mosquito", diz Granato (veja abaixo as contraindicações da vacina). Vale lembrar que quem já teve a doença fica protegido pelo resto da vida. A vacina é oferecida em postos de saúde, aeroportos e centros de imunobiológicos especiais. É preciso tomar quantas doses da vacin
Anti-inflamatórios e antibióticos e suas diferenças

Anti-inflamatórios e antibióticos e suas diferenças

Notícias
Quais as diferenças entre  antibióticos e anti-inflamatórios? Quando uma doença ou disfunção surge, procuramos, imediatamente, um profissional capaz de diagnosticar as causas da enfermidade por meio de exames e sintomas e, após a confirmação de um diagnóstico, receitar uma medicação. Muitas pessoas não compreendem a diferença entre um antibiótico e um anti-inflamatório, não entendendo o porque de muitas vezes o médico receitar os dois conjuntamente. Os antibióticos são medicamentos utilizados em casos de doenças causadas por micro-organismos como fungos ou bactérias. Com a administração de antibióticos, o desenvolvimento dos micro-organismos é barrado, fazendo com que os presentes sejam eliminados. Alguns exemplos de doenças causadas por micro-organismos são: pneumonia, tubercul